tics ou tiques

Standard

Não sei bem porque os tics e manias se instalam. Parecem vírus de computador. A gente não sabe bem porque entraram, só suspeita. E sempre sente um enorme sentimento de culpa.

Bom, eu sinto.

Não suporto tics nervosos. Não suporto nos outros, não suporto em mim.

Não suporto nos outros porque uma das minhas manias é pegar tics alheios. Se o cara na minha frente está balançando o pé compulsivamente, não demora muito pro meu querer fazer igual. Daí eu tenho que segurar, porque vai parecer chacota.

Um dos meus primeiros tics eu perdi. Era limpar o nariz com os dedos. Tá bom, de vez em quando, se não tiver ninguém olhando e for tempo seco, daqueles que o nariz fica duro de pó, eu ameaço. E cumpro.

Outro, que eu nunca perdi, foi comer as laterais dos dedos. Dos meus dedos, é bom explicar.

Unha nunca comi. As minhas são duras e não são saborosas. Mas os dedos…ah, aquelas laterais que descascam na cutícula, ficando uma pelinha pra fora pedindo pra ser aparada…Não vou à manicure por isso. Não vou deixar pra outrem a possibilidade de tirar minhas pelinhas.

Coço a cabeça também. E os olhos. E as orelhas. E o nariz por fora. E as costas, geralmente naqueles lugares que a mão não chega e você tem que ficar se contorcendo como minhoca no anzol pra coçar. Mas sobre isso tudo descobri a causa. Disse o médico que é rinite alérgica. Chic mas não resolveu. Os espirros eu resolvo, mas a coceira é difícil. Daí você fica mestre na arte de disfarçar e dar à coçada na cabeça, por exemplo, um ar intelectual e filosófico. É só acompanhar a coçadinha com um papo cabeça. Ou enquanto estiver lendo. Só tomando cuidado pra não ser enquanto estiver lendo revista semanal. Porque aí vai parecer perda de massa encefálica, mesmo.

Isso pra não falar dos tics verbais. Desde que conheci uma mineira que foi nossa vizinha  dos meus 5 até os 20 anos, peguei a mania de intercalar “uai” nas minhas frases. Como uma mineirinha da gema (ou será que só carioca é da gema? Bom, fica a dúvida).

Além dos tics dos outros, pego também expressões. Costumo usar “guri” de vez em quando, “entrevero” sempre, “socotroco” e “ sgabuzzino” muitas vezes.

E manias gráficas e/ou de estilo.

O gosto por frases curtas, por exemplo.

Sem verbos, por vezes.

Manias.

Quais são as suas?

3 thoughts on “tics ou tiques

  1. Nina

    Mãe, amei o texto! Eu sou rainha dos tics, e lá na Itália a coisa piorou…Acho que peguei pulga e/ou piolho em algum albergue, rs…Sei que a cabeça coçava como louca em alguns dias…Daí que era um tal de coçar fingindo que estava arrumando o cabelo. Ainda bem que passou! Acho que os piolhos italianos são avessos ao clima tropical!

    Beijao

  2. Rosana

    Adorei seu texto! Aliás, desde os tempos do “Divanews” sou sua fã…
    Manias…ai meu Deus! com o tempo tenho percebido que elas me perseguem e na maioria das vezes conseguem me alcançar.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *