Toca Raul

Standard

Eu nasci há dois mil anos atrás…era o que dizia o Raul. É mais ou menos isso, no meu caso.

Minhas pernas sempre estiveram firmemente plantadas no chão. Debaixo de  mim só a terra. Acima de mim só o céu.

Agora não mais será assim. Debaixo de mim mais dezenas de pessoas. Quantas pessoas não moram nos primeiros 13 andares de um prédio? Sei lá.

Eu vou morar no 14. São quase cinquenta metros acima do chão. Acima de mim não mais o céu. Pelo menos mais 3 famílias no andar de cima. Ainda bem que não tem ninguém dos lados, senão minha paranóia ia bombar.

Sair de uma casa térrea pra um apartamento dói. Praticar o desapego suficiente pra caber na metade do espaço em que você sempre coube também dói.

Deixar as árvores que nós plantamos, enormes, pra trás.

Deixar lembranças de nossas crianças brincando pelo quintal, brigando pelas salas, crescendo pelos quartos, é muito estranho tudo isso.

Ver o mundo de cima, muito acima do chão, como será?

Haverá pernilongos no 14? Haverá formigas? Haverá baratas e aranhas?

Que tipos de bichos sobreviverão tão alto?

Espero que eu sobreviva.

De todo modo, sempre posso alegar que já estou mais pertinho do céu, o que na minha idade é um fato incontestável, quer more ou não em apartamento.

Eu nasci, há dois mil anos atrás…

E viva, viva, a sociedade alternativa…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *