mensagem no dinheiro

Standard

Faz tempo, muito tempo mesmo que não encontro nenhuma mensagem no dinheiro.

Não, não estou falando no sentido figurado, na mensagem que o mundo capitalista passa através do dinheiro nem nenhuma parábola ligada ao vil metal. Aliás, nem estou falando em metal.

Estou falando em notas, papel-moeda , aqueles pedacinhos de papel sujos e meio amarfanhados que a gente recebe e passa por aí.

Dinheiro. Grana. Dindim.

Lembro de muitas coisas escritas com caneta nas velhas notas de um cruzeiro, acho eu. Sei que eram de um cruzeiro porque eram as mais sujas, amarrotadas, de tanto circularem por esse mundo. Como a cara da gente, a medida em que a idade vai chegando. Bom, minha cara está sempre limpinha, já o amarrotado…, tergiverso deprimida e me afasto do assunto.

Voltemos.

As mensagens que mais lia eram sempre as do tipo “volte pra mim” e eu nunca descobri se quem escreveu estava se referindo a algum amor perdido ou à própria nota. Ou aos dois, supondo que o tipo tivesse um afeto especial pela nota e almejasse seu breve retorno.

Havia as com orações religiosas, veja só!

E as que mais me divertiam, com palavrões. Eu sempre ficava pensando qual seria a história por trás daquele “filha da puta” ou coisas do tipo. Com quem o indivíduo estava chateado, se era com o dinheiro, com a falta dele, com sua partida.

Depois, os anos passando, as notas mudando, o nome delas também, de cruzeiro pra cruzado, pra real, pra cruzeiro novo e sei lá quantos nomes mais, o fato é que nunca mais vi nada escrito nas notas. Nem elas são mais tão sujas como antes. Mesmo as de menor valor.

O que isso significa não sei. Talvez as pessoas tivessem tempo antes pra ficar escrevendo no dinheiro, tivessem poucos meios de passar mensagens, sei lá. Talvez hoje elas passem suas mensagens pelo twiter, pelo facebook e tenham deixado o dinheiro em paz.

Porque, convenhamos, as coisas que a gente vê escritas por aí, nas redes sociais da vida, não ficam muito distantes das mensagens nas cédulas.

Talvez com um bocadinho de caracteres a mais.

One thought on “mensagem no dinheiro

  1. “Devolva-mim, ladrão” foi a frase que ficou na minha memória. A pessoa teria tido tempo de escrever durante o assalto? E aquele “devolva-mim” gerou muitas suposições.

    :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *