ensanduichada

Standard

Quando eu nasci, nada (além disso)aconteceu de muito especial. Parece que o Mao assumiu na China, mas se isso trouxe algumas coisas boas  praquele montão de chineses, no balanço geral, a coisa não foi legal.

Mas não estou a fim de discutir política. Nem nunca fui maoísta, embora aquelas roupitchas  de gola fechada em tons de cinza, não sei não…uma loucura!

Minha mãe, aquela pessoa que nunca teve papas na língua nem mediu palavras, me dizia que foi (fui) um dos piores natais e fins de ano da vida dela, aquele em que eu nasci. No meio das duas festas. Como diz um amigo, ensanduichada.

Eu nunca gostei de ouvir isso. Mas depois de ter parido meus dois filhos em pleno verão, logo depois das festas, passei a entender melhor o que ela dizia. Passei a acreditar que ela se referia ao desconforto da estação.

Eu sempre acreditei no que quis acreditar. Técnica de sobrevivência na selva.

E amanhã, bem no meio da semana que separa o natal do réveillon, meu aniversário!

Sessenta e dois anos de vida, a maioria deles bons. Não dá pra reclamar. E também, pra quem iria eu reclamar se não pra mim mesma? Acho que a vida da gente é, em sua grande parte, aquilo que a gente faz dela.  Teve anos ruins, tive pessoas péssimas, mas o que fiz da memória desses anos e como reagi a estas pessoas, sempre foi minha responsabilidade. Com o tempo passei a ligar menos importância pros péssimos, sejam eles anos ou pessoas.

Daí que este aniversário não é ruim. Ainda peso menos do que os anos de vida que tenho, ainda ando legal, danço legal e só não pulo legal porque minha hérnia de disco não permite, mas  pra que pular pra quem pode andar e dançar?

Então é isso.

Que venham mais sessenta!

Bom, mais uns 40 e não se fala mais nisso!

4 thoughts on “ensanduichada

  1. Marília

    Parabéns prá você!
    Que seus próximos 40 anos, sejam repletos de realizações, boas coisas e pessoas maravilhosas.

  2. Márcia

    Puxa, nem sei o que dizer…mas depois de tanto tempo acompanhando os seus escritos (desde 2005)gostaria que você soubesse que cada vez me encanta mais! O presente é nosso, com certeza!

  3. Marília: há quanto tempo!! Um ótimo ano pra vc também!!

    MFC: meio ano pra mais ou pra menos? O importante é estar em forma mesmo: forma mental e física! Dancemos!! bom ano pra vc!

    Márcia: se eu tivesse o troféu fidelidade, era teu, sem dúvida!! Um beijão e feliz ano novo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *