mulheres

Standard

Tem coisas nas mulheres que eu detesto. Pequenas coisas de mulheres também pequenas. Ciumeiras, vingancinhas, frivolidade, mania de se ater a superficialidades, competição. Essas coisas.

Não que eu não as tenha. Também sinto e fico com raiva de mim mesma.

Acho que os homens têm menos dessas coisas.

Talvez tenham mais de outras, mas eu não sou homem e não sei.

Mas tem uma coisa que me comove nas mulheres.

Principalmente nas mulheres que andam de ônibus.

É a garra com que cuidam dos seus filhos. Com que são capazes de subir num ônibus lotado com duas, três crianças, uma no colo e outras agarradas às roupas e providenciar-lhes segurança. Mulheres sozinhas. Que levam as crianças junto pra deixarem nas creches e ir trabalhar, que levam crianças ao médico, que saem pra comprar coisas e não têm com quem deixar seus filhos.

Homens? Raramente vi fazendo isso.

Aos domingos é triste e ao mesmo tempo lindo de ver aquelas mulheres com seus filhos, indo às igrejas, andando, fazendo feira.

Homens? Melhor procurá-los em botecos ou na frente da televisão.

Não vou generalizar, mas por aqui, periferia, é só o que vejo.

E admiro essas mulheres.

Não são mulheres de Atenas, são mulheres de periferia. Mulheres do Campo Limpo e Taboão. Empregadas domésticas, cabeleireiras, faxineiras, operárias.

São mães.

Nessa hora não dá pra não ter orgulho do gênero.

E da condição de mãe.

 

4 thoughts on “mulheres

  1. Mulher tem muito dessas coisas feias que você citou, mas as coisas lindas, como essa capacidade de ser mãe em tempo integral, sem salários, sem restrições, sem condições… Isso é uma das coisas mais lindas mesmo.
    Um pai, por melhor que seja, não é pai o dia todo. Quando vai pro futebol, quando está no trabalho, na hora da cerveja no bar… Nesses momentos, é raro um deles que continue a ser pai. Enquanto a mulher, uma vez mãe, será sempre mãe.
    E é um dos meus maiores sonhos atualmente.

    Beijos

  2. e qdo os filhos são viados, elas apoiam e os maridos caem de porrada, qdo os filhos são presos, elas vão visitar e os maridos se envergonham. on and on and on…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *