o cidadão de bem

Standard

O cidadão de bem não deve ser incomodado com coisas do mal.

O cidadão de bem paga seus impostos. E, se ele o faz, a tudo tem direito.

Tem direito a não ter que se preocupar com coisas sujas e feias como favelas, esgoto a céu aberto, cracolândias, superlotação de cadeias, baixos salários, essas coisas…

O cidadão de bem trabalha muito. E tem a merecida – segundo ele- recompensa por seu trabalho.

O cidadão de bem não brinca com os filhos. Mas compra para eles toda a parafernália possível pra eles brincarem.

O cidadão de bem paga seus impostos. Zela pelo seu patrimônio. Não tolera roubos e assaltos àquilo que ele tão zelosamente amealhou no decorrer da vida. O cidadão de bem gosta de coisas boas. Gosta de andar de carro em boas estradas. Não acha justo dividir seus espaços com aqueles que andam a pé, de bicicleta, devagar por não conseguirem andar mais rápido. O cidadão de bem buzina logo que o semáforo fica verde, acelera e faz barulho. Todos devem saber – e ouvir- que ali, no carrão suv vai um cidadão de bem.

O cidadão de bem tira férias. E vai com a família para a praia. Para o campo. Para a Disney.

O cidadão de bem acha que levar pra praia uma marmita para não pagar – por não poder – os preços abusivos que outros empreendedores cidadãos do bem cobram nos bares praianos é uma coisa muito, mas muito brega. Por isso ele vai em praias em que cidadãos de bem entram e estacionam seus carrões, mas não é permitido a entrada de ônibus de farofeiros. Cada um, cada um.

O cidadão de bem é contra a corrupção. Comprou a carteira de motorista, estaciona na vaga de deficiente, omite do imposto de renda tudo que puder, acelera trâmites burocráticos com “agrados”, compra coisas importadas de amigos que trazem de outros países sem pagar imposto, mas é totalmente contra a corrupção. Tão totalmente que até tem ido pras ruas de verde e amarelo. As cores daquela bandeira daquele país que, se o cidadão de bem puder, deixará na primeira oportunidade.

Rico é o país que possui cidadãos de bens.

SQN.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *